PÉROLAS

PÉROLAS E SUA HISTÓRIA

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Share On Pinterest
Share On Youtube

As pérolas simbolizam sofisticação e elegância, conhecida como a “Rainha das Gemas” pois é a pedra mais antiga e rara, já que entre um milhão de ostras, apenas uma produz a pérola natural, o que faz dela uma gema extremamente rara. A pérola natural é uma gema orgânica e sua composição é de carbonato de cálcio, conchiolina e água.

A pérola é a única gema que não precisa de ser polida e nem lapidada porque já nasce pronta para ser utilizada nas joias.

O nascimento da pérola natural é muito lento pois é necessário esperar que um ser estranho entre no molusco de forma natural para que aconteça a produção de camadas de nácar, até formar a pérola natural.

Por ser a produção de pérolas naturais  muito lenta, o homem resolveu cultivá-las, usando o seguinte método: inserção de pequenas esferas de madrepérola no interior do molusco para que haja  produção das camadas de nácar, formando a pérola natural cultivada, denominação esta  que usamos para esclarecer que o  quem inseriu o corpo estranho na ostra, foi o homem, logo a pérola deixa de ser considerada pérola natural para ser denominada de pérola natural cultivada, que continua sendo natural pois foi formada em um processo da natureza.

A procura por pérolas  fez com que o homem passasse a cultivá-las em enormes quantidades, tanto que as pérolas naturais cultivadas atualmente representam 90% do comércio, sendo seu cultivo simples, bastando apenas introduzir os corpos estranhos nos moluscos e esperar de 3 a 4 anos para a formação das pérolas.

Valor das Pérolas naturais

Os fatores que influenciam no preço das pérolas naturais são:

  1. Tamanho: Quanto maior a pérola, maior será  o preço;
  2. Brilho: Quanto mais brilho, maior seu valor;
  3. Forma: Quanto mais esférica, mais valorosa, a forma depende do tipo de molusco, do corpo estranho inserido e tempo de cultivo;
  4. Cor: A cor dourada é 50% mais cara do que a pérola branca, pois demora em média 5 a 6 anos o tempo de cultivo;
  5. Espessura: Quanto maior a capa de nácar, mais espessa e valorosa, o que pode ser verificado  através do furo nela inserido.

Conservação das Pérolas

As pérolas necessitam de cuidados especiais, sendo que os colares e pulseiras precisam ser verificados anualmente para troca do fio de seda que une as gemas, evitando o rompimento e também para que não cause dano às gemas, já que a umidade do corpo e o contato direto com água e outros produtos químicos, como perfumes, sabonetes, maquiagens, etc, pode fazer com que o fio de seda apodreça e se rompa. Para a troca do fio de seda, procure um joalheiro para efetuar este serviço.

Lembramos que as pérolas são gemas orgânicas e naturais, logo precisam de “respirar”, por tal  razão nunca devemos guardá-las em  caixas fechadas ou sacos plásticos.

A melhor maneira de guardá-las é embrulhar sua joia que possui pérolas com papel de seda ou algodão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário

  1. Ótima dica, ja sou leitor assíduo deste site!

    Responder

Escreva um comentário